Baseado no conto O Quebra Nozes e o Rei dos Ratos de E.T.A. Hoffman, e também no Balé Quebra Nozes de Marius Petipa, O Quebra Nozes e os Quatro Reinos é uma obra da autora Meredith Rusu, publicado em 2018 pela editora Universo dos Livros.

Sobre o Livro

Por conta do falecimento de Marie Stahlbaum, e como seu último pedido, seus filhos acabam recebendo seus presentes de natal na véspera do mesmo. Clara, que sempre foi a mais chegada da mãe, não entende porquê recebeu uma espécie de ovo com uma tranca, mas sem chave alguma. Ela fica frustrada pois não encontrou a chave em lugar algum. E como boa inventora que é, assim como foi a mãe, ela sabe que é impossível abrir o fecho sem a chave.

“O que quer que houvesse ali dentro, qualquer que fosse o tesouro que a mãe tivesse guardado no minúsculo e precioso ovo, era o último fragmento ligando Clara à pessoa de quem ela sentia falta mais do que tudo. A última coisa que a mãe poderia lhe dar. O que quer que houvesse ali dentro era tudo para Clara.”

página 26.

Porém, ela encontra a letra D gravada no ovo, e sabe que só pode significar uma pessoa: seu querido padrinho Drosselmeyer, que também é inventor, e possivelmente o portador da chave. Assim, ela segue com seus irmãos e seu pai a festa de natal promovida pelo padrinho todos os anos. Mas, ao questionar o padrinho, ela não tem uma resposta.

Contudo, Clara fica mais animada na hora dos presentes, pela primeira vez Drosselmeyer faz a entrega de uma forma diferente. Cada convidado tem seu nome amarrado a uma corta na árvore grande do jardim, e ao seguir a sua, Clara percebe que o final está muito mais escondido que as demais. E ao se dar conta de onde chegou, ela se depara com um lugar inacreditável.

Sua chave está pendurada em um árvore num lugar cheio de neve, inusitado para a época do ano. E ao tentar pegar a chave, um rato a rouba dela e a partir daí se inicia uma jornada aos Quatro Reinos, um lugar peculiar, que contém a sua chave e que tem tudo haver com a sua mãe.


Minha Opinião

Sempre gostei muito de ler fantasia porque são mundos inventados, ou coisas e seres que não existem passam a existir e isso me deixa completamente encantada. Um livro em que temos uma espécie de magia que basta você desejar muito e isso acontece, é ainda mais encantador. E foi assim que Os Quatro Reinos de O Quebra Nozes passou a existir, a partir de um desejo profundo de uma doce garotinha.

Desde a descoberta desse mundo novo, ela criou uma máquina que fosse capaz de trazer objetos a vida, e assim foi preenchendo seu próprio reino, da forma que ela mais quisesse. Este é um pedaço da história de Marie, uma garotinha órfã, criada por um homem que sempre a fez acreditar nas coisas impossíveis. Mas depois que ficou doente e veio a falecer, foi sua filha Clara quem precisou encontrar Os Quatro Reinos, e tentar resolver a bagunça que ele se tornou com a morte de sua rainha.

“- Meus caros amigos – Drosselmeyer anunciou -, crianças e eternar crianças. Encontrem a corda com o seu nome, e ela os levará ao seu presente. É necessário um pouco de esforço, como podem ver. Não há duvidas de que a vida pode ser um desafio. Mas eu lhes garanto, existe sempre algo interessante no final. Boa sorte!”

página 71.

O livro é muito sensível em sua escrita, com capítulos curtos intercalados por Clara, Marie e a Fada Plum, a história passa rápido, chegando ao final com aquele gostinho de porquê acabou? Curiosamente, livros com crianças tendem a me causar esse sentimento ao final da leitura. E quando representada a inocência de uma criança, fica ainda mais difícil não querer mais e mais da história.

É difícil dizer se gosto mais da Clara ou de sua mãe. Afinal as duas são crianças doces e cheias de desejos. Mas os personagens secundários também ganham bastante a minha atenção. Como Drosselmeyer que por simplesmente ter um coração puro adotou a querida Marie quando criança sem ter a obrigação de fazer isso. E também a Fada Plum, a boneca de Marie que se tornou a primeira integrante dos Quatro Reinos e também sua melhor amiga.

Uma das coisas que esse livro me mostrou é que precisamos aprender a ouvir as pessoas. Dar uma chance de se explicar porque as vezes nem tudo é o que parece. E que também confiar em alguém que não conhecemos, também pode não ser o melhor caminho. Mas que se você escutar o seu coração em qualquer das situações, ele não vai mentir para você.

Logo que conclui a leitura, fui assistir ao filme, e confesso que me decepcionei um pouco, pois o filme deixa bastante a desejar. Corrido demais e com poucas explicações no desenvolvimento, ele é quase que uma história diferente do livro. No filme também não há a parte da história da Marie, o que me deixou extremante chateada, porque é essencial entender como ela criou tudo aquilo.

De qualquer forma, indico o filme como uma questão visual da história. Isso porque os personagens foram exatamente como eu imaginei, e pelo menos isso, eu aproveitei do filme. Sendo assim, indico muito o livro para quem gosta de um bom realismo mágico.

O QUEBRA NOZES E OS QUATRO REINOS

Autor: Meredith Rusu

Tradução: Cristina Calderini Tognelli

Editora: Universo dos Livros

Ano de publicação: 2018

Acompanhe a incrível aventura de uma inventora, sua filha e a jornada de ambas por um mundo maravilhoso que precisa de proteção, nesta obra que não somente reconta a história do filme mas expande e explora o universo fantástico dos reinos, com conteúdo exclusivo. Baseado no conto clássico de E. T. A. Hoffmann (“O Quebra-nozes e o Rei dos Camundongos”), agraciado pela aclamada versão para o balé, de Tchaikovsky, O Quebra-nozes e os quatro reinos é o novo lançamento da Disney, que acompanha a trajetória de Marie, órfã criada por um tio inventor, e Clara, uma jovem esperta e independente, que herdou a criatividade da mãe. Quando ganha um lindo e misterioso presente da falecida mãe, Clara questiona o significado do objeto e sai à procura de respostas. Ela não demora em se perceber em um mundo mágico – conhecido como “os Quatro Reinos” –, onde encontra amigos novos, curiosos e coloridos, e descobre o elo fascinante entre os Reinos e sua querida mãe. A aventura começa quando ela toma conhecimento de que os Reinos correm perigo e decide fazer de tudo para ajudar.

Relacionados

Destaques

Insta
gram

Parceiros