Professor Feelgood é o segundo livro da série Masters of Love, da autora Leisa Rayven. Sua publicação é de 2018 pela Globo Alt.

Sobre o Livro

Asha Tate é uma mulher que sabe muito bem o que quer, em várias esferas da sua vida. O coração? Está solitário no momento, mas isso não vem ao caso. O que importa é que ela quer ver sua carreira decolar e a grande chance chegou. É claro que isso não vai acontecer assim facilmente e para conseguir o cargo dos sonhos ela precisa encontrar um Best Seller capaz de lançar a editora Whiplash em um elevado patamar de vendas. A concorrência é acirrada, as possibilidades não estão assim tão favoráveis. E agora? O que será que atrairia tanto o público a ponto de tornar-se um sucesso de vendas em pouco tempo? Ela sabe a resposta para isso, e vem diretamente do Instagram, através de fotos sensuais e poemas ousados, que desnudam a alma humana e atingem o ponto mais profundo do coração de quem lê aqueles versos…

“Todos os posts parecem confissões extremamente pessoais. Acho que parte do motivo de sua popularidade é porque ele destrincha suas questões, erros e arrependimentos na frente do mundo todo, e a coragem e honestidade que saltam da tela me dão a sensação de paixão líquida direto no meu coração.”

Professor Feelgood, é assim que ele se auto denomina nas redes sociais e é através de textos melancólicos e cheios de luxúria e mistério que ele conquista milhares de fãs. Talvez o objetivo dele seja simplesmente colocar para fora o que sente, a dor e a saudade que ficaram após um término impactante. Mas o que começa como um desabafo anônimo acaba se transformando na possibilidade de um contrato editorial com muitos dígitos. Parece fácil, é certamente uma parceria perfeita entre artista e editora…

Ou não. Porque a relação que deveria ser estritamente profissional, entre a assistente de editora e o poeta, acaba se transformando em algo mais. Um algo mais que incomoda, que confunde e que os faz pensar em todas as possibilidades que a vida oferece, seja para começar algo do zero ou para retomar o que nunca deveria ter terminado. E em meio a discussões homéricas, a produção de um livro e uma tensão sexual palpável, resta saber quais serão as prioridades dessa dupla, e de que maneira um amor do passado pode se transformar na oportunidade de ambos serem felizes. Finalmente.


Minha Opinião

Eu sou muito suspeita para falar da escrita da Leisa Raiven. Primeiro porque sou uma fã de romances e segundo porque ela é mestra em pegar histórias clichês e transformar naquele tipo de livro que é capaz de agradar e encantar até quem não curte muito o gênero, e neste aqui não poderia ser diferente. A história segue não muito tempo após o término de Mr. Romance, (que vocês podem conferir a resenha bem aqui), e tem como protagonista Aisha, a irmã de Eden, personagem do livro anterior. E assim com seu antecessor, a narrativa aqui é fluida e envolvente, mesmo que algumas pessoas pensem que o começo demora a engrenar.

Temos aqui Asha e o Professor. Ela é uma mulher muito pé no chão, inteligente e divertida, mas que carrega algumas inseguranças causadas por um relacionamento anterior. Já ele vive muito amargurado por ter perdido o grande amor de sua vida, e transforma esse sentimento em poesia pura, que é justamente o que acaba juntando os dois personagens num primeiro momento. Antes disso acontecer há todo um mistério envolvendo a identidade dele, mas confesso que mesmo assim eu já imaginava mais ou menos o que aconteceria, e não deu outra.

“Venha pra mamãe, Professor Músculos do Pôrno Literário. Deixe-me desfrutar da sua genialidade.”

É interessante acompanhar a relação dos dois e a forma como suas vidas se entrelaçam. A maneira como suas incertezas, seus dramas e desejos vão sendo expostos e vão prendendo o leitor que fica querendo saber cada vez mais sobre eles. O passado e o impacto que teve na personalidade de cada um, o presente e de que maneira ele pode moldar todas as possibilidades do que está por vir. É divertidíssimo ver a interação dos protagonistas com os personagens secundários, inclusive com um pato mal-humorado. É reconfortante reencontrar os personagens tão queridos que começaram essa série. E é apaixonante ver como Asha e Jacob podem oferecer tanto um ao outro.

A história é divertida, inquietante, romântica, e desde o começo o leitor vai sentindo um misto de emoções. Há uma forte tensão sexual, como é comum nos livros da autora, mas quem já a leu sabe que ela gosta de estender essa sensação sem usar sexo explícito em excesso. Confesso que esse ponto só prova o talento da autora, e mostra ao leitor que o erotismo pode estar presente na narrativa sem ter apelativo. Outro ponto que costuma me agradar bastante nas obras da Leisa e que está extremamente presente neste livro, é a construção e amadurecimento da personagem feminina levando em consideração suas particularidades, seus desejos e seus anseios, mas sem ligar tudo isso ao seu par romântico. É claro que há a relação do casal, e com certeza o personagem masculino tem sua importância e destaque, mas seus livros prezam muito por mostrar um lado do ser mulher que às vezes fica esquecido nas histórias de amor.

“Seja corajosa. Vá atrás do que você quer com toda a paixão que tiver. Nada esvazia um coração mais completamente do que o arrependimento.”

Aqui falamos sobre a importância de ser querida, de ser desejada, de ser respeitada e de ter suas qualidades reconhecidas. Nesta obra lemos sim sobre o amor romântico e sobre como esse sentimento passional e intenso pode mudar a vida de alguém, mas principalmente lemos sobre a necessidade da gente se amar antes de qualquer outra coisa. A gente acompanha a jornada de uma protagonista que vai mostrando sua voz, sua força, e seu crescente empoderamento. A gente acompanha também a jornada de um homem comum, apaixonado e arrependido, que quer ter a chance de ser feliz. É simples, é clichê, não tem nada que já não tenha sido visto em outro livro; mas é tão divertido, encantador e emocionante, que consegue mostrar ao leitor que  uma história romântica não precisa de um homem alfa dominador e milionário; nem de uma donzela perfeita e em perigo para se tornar uma obra inesquecível. E aqui, mais uma vez, Leisa Rayven prova isso.

 

PROFESSOR FEELGOOD

Autor: Leysa Raven

Tradução: Isadora Sinay

Editora: Globo Alt

Ano de publicação: 2018

Romântico e atual, o guardado segundo livro da série de Mr. Romance (Masters of Love) traz o humor e os personagens envolventes característicos de Leisa Rayven. Asha Tate é uma ambiciosa assistente editorial. Romântica ao extremo, ela sonha com um amor que a leve às alturas. O homem ideal deve preencher todos os requisitos de sua longa lista – e talvez seja por isso que ela ainda não o tenha encontrado. Mas o romance fica em segundo plano quando o assunto é carreira, e tudo indica que ela está prestes a ser promovida. No entanto, para conseguir o cargo dos seus sonhos, ela deve achar um best-seller que balance o mercado editorial. Ela só não imagina que será balançada com ele. Em busca do próximo sucesso de vendas da editora Whiplash, Asha acaba entrando em contato com o Instagram do misterioso Professor Feelgood, que tem milhões de seguidores e um grande potencial de vendas. Mais do que apenas fotos sensuais de seu incrível corpo, o Professor posta poemas angustiados que atingem em cheio a sua alma. Mas o homem por trás da página acaba sendo bem diferente do que ela imaginava. Claro, seu corpo é lindo e seu rosto é de morrer, mas ele é intenso, arrogante e parece ter raiva do mundo todo – principalmente dela. Logo, o projeto dos sonhos de Asha parece ter tudo para se tornar um grande pesadelo. Para piorar, a atração que parece queimar entre ela e o Professor não ajuda em nada a manter sua cabeça no lugar. Dividida entre traumas do passado, sua carreira ascendente e sentimentos conflitantes, Asha terá que descobrir como publicar um sucesso editorial, resolver suas questões pessoais e, acima de tudo, lidar com o complexo professor.

Relacionados

Destaques

Insta
gram

Parceiros