Quebrando o Gelo é o primeiro volume da série Maple Hills escrito pela autora Hannah Grace. O fenômeno do Tiktok, lançado pela Editora Rocco em 2023.

Sobre O Livro

Anastasia Allen, ou Stas como é mais conhecida, tem uma rotina rigorosa todos os dias por ser estudante universitária e membro da equipe de patinação artística da Universidade da Califórnia. Mas quando um membro do time de hóquei da faculdade faz besteira e todos precisam pagar ficando sem o rinque, Stas vai precisar ser mais diplomática com seu planejamento.

Como capitão do time, Nate Hawkins vai usar todo o charme para domar a fera que Stas é. Um cara que sabe encantar todo mundo deveria achar fácil conquistar uma garota, só que ela é mais durona do que ele imaginava. E é quando o parceiro de dupla da Stas se machuca, a aproximação entre eles fica mais leve e interessante.

Minha Opinião

Eu estava contando gostar muito desse livro por conta do clichê de inimigos que se apaixonam, não foi bem esse motivo que me agradou na história. No quesito romance esportivo new adult é muito cativante ao nos apresentar a Faculdade da Califórnia, Maple Hills, com dois esportes que se relacionam e personagens com problemas reais e bem desenvolvidos.

Stas é determinada, focada e forte, não tem receio em trabalhar duro para alcançar seus objetivos, e usa tudo a seu favor para continuar sendo a bolsista e patinadora que quer ser escalada para participar da próxima olímpiada. Já Nate, não vê problemas em colocar seus desejos de lado para ajudar outros por mais que esteja lidando com problemas dentro e fora do gelo. E como um ótimo líder de equipe solidário, é isso que ele faz quando Anastasia precisa de ajuda. O que ele não esperava é que Stas não fosse dar a mínima para ele.

“Eu não diria que sou controladora, só que preciso estar no controle. Com certeza tem uma diferença.“

O joguinho de gato e rato segue por vários capítulos até o parceiro de patinação da Stas se machucar e Nate ajudá-la nos treinos. Algumas escolhas da autora não gostei, mas no que se trata das amizades dos personagens não tenho do que reclamar, pois Lola e JJ são maravilhosos. Em contrapartida, Aaron é insuportável e tóxico como parceiro de equipe, mas foi interessante a ideia de nada no mundo dos esportes ser perfeito. Imagina ter como um parceiro em dupla na patinação alguém que você odeia!

O romance entre o casal não me conquistou, mas o Nate tem todo o direito de levar o posto de mocinho aqui, foi ele o responsável do livro levar mais estrelas do que eu previa. Também há os problemas familiares que Nate e Stas nos apresentam durante a narrativa em primeira pessoa do ponto de vista de cada um é tratada de um jeito responsável pela autora. Traz à tona pressão familiar, adoção e também a importância da terapia ao longo da vida.

“- (…) Prefiro patinar sozinha e correr o risco de falhar do que vencer ao seu lado. Ganhar não significa nada se vou me odiar sempre que estiver com você.”

Acredito que não tenha gostado tanto do livro, pois foi vendido como uma comédia romântica e não vi muito disso conforme as páginas avançavam. Acho que muito disso foi por conta do TikTok. Apesar das minhas ressalvas sobre a Stas, gostei de alguns apectos da vida familiar dela e como era fã de livros eróticos; inclusive, o livro Os Números do Amor da autora Helen Hoang é citado maravilhosamente.

Estou muito animada para Wildfire, o próximo livro da série Maple Hills, por ser do Russ, um dos amigos do Nate e que aparece muito nesse livro. Espero que a Aurora seja uma personagem melhor que a Stas.

QUEBRANDO O GELO

Autor: Hannah Grace

Tradução: Bruna Miranda

Editora: Rocco

Ano de publicação: 2023

Tudo que Anastasia Allen sempre quis foi entrar para a equipe olímpica de patinação artística, e ter conseguido uma bolsa e uma vaga no time da Universidade da Califórnia foi um passo rumo ao seu objetivo. Nada vai ficar no seu caminho — nem mesmo o capitão do time de hóquei, Nate Hawkins. O papel de Nate, como capitão, é manter seus rapazes no rinque, o que se torna difícil quando um ato de vandalismo força os atletas do hóquei a dividirem o espaço com a equipe de patinação artística — incluindo Anastasia, que claramente não vai nem um pouco com a cara dele. Mas quando o parceiro de Tasi sofre um acidente e o sonho de competir nos Jogos Olímpicos parece em risco, Nate acaba se tornando sua última esperança de fazer todos os seus sacrifícios valerem a pena. Conforme os dois se aproximam, em meio a festanças, discussões acaloradas e trocas de farpas, Anastasia percebe que talvez Nate não seja tão mau assim. Na verdade, até que ele é simpático… e bonito… e gostoso. Logo os dois estão resolvendo suas diferenças e descontando as frustrações na cama — com fogo o bastante para derreter qualquer gelo. Mas Anastasia não fica preocupada: sabe bem quais são suas prioridades, e não tem a menor chance de se apaixonar por um brutamontes do hóquei… certo?

Relacionados

Destaques

Insta
gram

[jr_instagram id='3']

Parceiros