Sem saída é uma mangá escrito por Tsuina Miura e ilustrado por Takahiro Oba públicado pela Panini Comics em 2019.

O mangá gira em torno de uma colegial chamada Yuri Honjo de 16 anos, que misteriosamente se vê perdida em um mundo desconhecido e não faz ideia de onde está, e nem de como foi para ali. Única coisa que ela realmente sabe, é que em sua frente um homem foi assassinado por um sujeito usando uma máscara macabra, e tendo como arma um machado.

Após matar o homem, decapitando-o, o mascarado começa a perseguir Yuri que com medo, foge descendo as diversas escadas do prédio, e quando chega em determinado andar ela se depara com uma placa que contém o seguinte aviso: ” não é possível descer ao nível térreo”, fazendo com que ela apenas possa se locomover aos níveis superiores.

Ao chegar na parte de cima do prédio, Yuri pode ver que as únicas construções que há naquele mundo são os arranha-céus, e que o único meio de andar entre eles são por pontes que os ligam, e a única opção é se jogar e morrer ou enfrentar os mascarados e tentar viver.

Carregada pelo terror e munida de esperança por descobri que seu irmão misteriosamente também esta ali, Yuri se aventura pelas diversas construções onde encontra outras pessoas e, infelizmente, mais mascarados e não demora para que ela entenda mais sobre o mundo e a identidade dos assassinos.


Minha Opinião

O mangá possuí uma história muito boa, não muito inovadora, mas com suas peculiaridades e originalidades.

O mundo misterioso que é apresentando, é um dos pontos mais positivos, mesmo não tendo uma exploração maior nesse primeiro volume, porém o pouco apresentado é muito instigante, o que faz o leitor querer saber mais sobre todos os prédios que formam o ambiente e, ansiar que a personagem explore tudo ao seu redor.

O cenário fica ainda mais legal com a presença dos mascarados, eles são realmente macabros. O design deles deixa tudo mais assombroso e lembram muito os serial killers de filmes americanos de terror. Outro lado bem perturbado são as cenas onde pessoas que assistem os assassinatos, ficam em um estado de pânico que preferem se jogar do prédio indo rumo a morte.

Yuri é a personagem principal , a que tem o papel de nos cativar e nos prender ao longo das páginas e ela consegue muito bem. No início é muito insegura e isso faz com que o medo a domine, o que é algo compreensivo dado o lugar que ela está. Porém, no decorre da história, Yuri tem uma evolução, vai se fortalecendo e aceitando que está em um lugar desconhecidos, toma as rédeas para sobreviver porque ficar chorando pelos cantos não vai salvar sua vida. Os outros personagens não são muito explorados, e não me peguei muito a eles.

O Mangá possuí uma exposição gratuita do corpo feminino, que costuma ter em mídia japonesa, mas incomoda e é irritante. Os traços são bem positivos, tudo bem detalhado o que deixa todo o cenário bem vivo e cativante e, se tratando de uma edição da Panini encontra-se a mesma falha que outras edições, uma rigidez ao folhear, fora isso a capa é bonita e as folhas são confortáveis para ler.

Para quem curte histórias de terror e mistério, tem grandes chances de amar esse mangá. Então se você gosta, corre para desfrutar esse universo desconhecido e junto com Yuri desvenda-ló e explora-ló.

SEM SAÍDA

Autor: Tsuina Miura,Takahiro Oba

Editora: Panini

Ano de publicação: 2019

Uma estudante presencia uma pessoa partindo a cabeça de outra com um machado. E as coisas só começam a ficar mais estranhas a partir daí! Ela vai parar em um mundo de arranha-céus com apenas duas opções de fuga – passar pelas misteriosas pessoas mascaradas ou pular direto para a morte.

Relacionados

Destaques

Insta
gram

Parceiros