Atenção!

Este livro tem um enredo muito sensível e que pode causar desconforto em algumas pessoas. Sem mencionar muito: maus tratos às crianças. Então que fique por sua conta e risco realizar ou não a leitura do mesmo.

Verity é uma obra da autora Colleen Hoover publicado em 2019 pela editora Record.

Sobre o Livro

Lowen é uma escritora bastante esquecida no mundo dos livros, após 6 meses afastada do trabalho chegou a hora de voltar, ela tem uma entrevista de emprego e já está quase atrasada quando um atropelamento acontece bem na sua frente, a praticamente um passo de distância. Tomada pelo susto, o choque e cheia de sangue, ela é levada por um homem ao banheiro de uma cafeteria para se limpar. 

Seu nome é Jeremy, e coincidentemente é o mesmo cliente que a está chamando para uma reunião. O que acontece é que sua esposa, Verity, uma escritora de muito sucesso, sofreu um acidente e está impossibilitada de dar continuidade em sua série de livros. Mas a editora tem prazos que precisam ser cumpridos.

“Acho que não era muito saudável o quanto eu era emocionalmente dependente dele. Ainda sou, na verdade. Quando você encontra alguém que termina com a negatividade da vida, acaba se alimentando dessa pessoa. Eu me alimentava de Jeremy para manter a alma viva. Vivia faminta e vazia antes de conhecê-lo, mas agora sua presença me nutria. Às vezes achava que, se o perdesse, meu corpo pararia de funcionar.”

É difícil para Lowen acreditar que Verity leu seus livros e a achou perfeita para substituí-la. Mas as coisas não vão bem. Ela está sem dinheiro e prestes a ser despejada. A quantia oferecida pela editora é excelente e ela também é convidada a passar uns dias na casa de Jeremy e Verity para ler todas as anotações dela e assim poder continuar e finalizar essa série tão famosa entre os leitores.

Tudo foi muito conveniente para sua situação e por isso ela acaba aceitando o trabalho. Mas ao chegar na casa do casal sua primeira impressão é de um lugar sombrio e infeliz. E ao olhar toda a papelada guardada no escritório e perceber que talvez precise ficar mais do que uma noite é extremamente assustador. E só piora quando ela se dá conta de que as coisas são muito diferentes do que ela esperava encontrar.


Minha Opinião

Para quem está acostumado com as narrativas da Colleen Hoover talvez espere um romance com uma pitada de um bom drama. Mas, se é isso que você quer encontrar nesta leitura, não se engane e pode parar por aí. Diferente de tudo o que já li da autora, esse livro tem sim romance e drama, mas seu enredo foge para um lado obscuro da mente humana, que ao invés de te fazer sentir afeição, te fará sentir repulsa. Ao invés de compaixão, medo. E por fim, ao invés de terminar com o coração aquecido, prepare-se para ficar com a mente bem perturbada.

Fui pega completamente de surpresa por essa história. Não sabia o que esperar além de um suspense. E acredito que se eu estivesse preparada para as cenas de pura indiferença para com as crianças. (Causada por um único personagem) Talvez eu não tivesse me sentido tão desconfortável. Por conta disso, foram especialmente 3 cenas bem difíceis de serem lidas, principalmente porque são relatos em primeira pessoa. Já é difícil ler uma maldade feita a qualquer pessoa, agora imagine alguém te narrando como fez e o que sentiu na hora de fazer o mal, a uma criança. Incômodo é pouco.

Mas, exatamente por isso é possível ver a excelente construção de personagens. Lowen não tem grandes objetivos na vida. Sua carreira não vai bem, sua mãe faleceu recentemente, ela não tem ninguém com quem possa contar. Jeremy é um homem romântico e um pai que toda mãe gostaria de ter para seus filhos. Talvez esses dois personagens acabem não despertando muitos sentimentos, já que são considerados “sem sal”, mas Verity, cuidado, ela vai causar todos tipo de sentimento.

“Uma energia carregada de angústia paira pela casa. Está sempre aqui e não consigo ignorá-la. Parece ficar pior à noite, mais sombria e intensa. Tenho certeza de que deve ser coisa da minha cabeça, mas isso também não me tranquiliza. O que espreita a mente pode ser tão perigoso quanto as ameaças da vida real.”

Eu não estava esperando sentir tantos arrepios na pele quanto senti ao ler esse livro. Essa ar sombrio de contar a história de uma personagem acamada mas que parece estar em todos os lugares, me fez sentir medo. Até porquê, o filho de cinco anos de Verity e Jeremy vive relatando conversas com a mãe no presente, coisa que seria impossível. Então, é muito fácil o coração acelerar e você dar aquele pulo de susto durante a leitura. Lowen dizendo o quanto a casa é sombria enquanto toma remédio para relaxar, pois sofre de sonambulismo, também não ajudam em nada.

Justamente por esse enredo tão instigante, que te faz sentir tantas sensações na pele é que a leitura se torna fluída e impossível de largar. Quando você fica assustado, quer saber até onde mais essa história é capaz de ir. Quando você se sente com repulsa quer saber até onde seu estômago é capaz de aguentar. Mas ao se sentir perturbado com tudo o que aconteceu, a história acaba. E aí te restam dois caminhos para escolher, e cabe a você decidir que fim quer para Verity.

Confesso que não me agradou muito o final da leitura. Entendi o que a autora quis passar, nos fazer questionar mil coisas e ficar com essas teorias malucas de como realmente termina a história. Mas analisando todos os fatos, eu não consegui me convencer da segunda alternativa. E por conta disso, e por aquelas 3 cenas que mencionei sobre fazer mal à criança, acabei descontando uma estrelinha do livro. Entretanto, isso não faz com que a história perca toda sua genialidade.

“É natural esperar o pior das pessoas, mesmo que a desconfiança dure apenas um segundo.”

Verity foi um prato cheio de surpresas e emoções, e amei sentir isso. Além de quê foi impossível largar enquanto não chegava ao fim. Então, se é desse tipo de narrativa que você gosta não deixe de ler Verity. Apenas tenha em mente quê: não é uma obra comum da querida Colleen Hoover. E, cuidado com a sensibilidade em ler sobre maus tratos a criança.

VERITY

Autor: Colleen Hoover

Tradução: Thais Brito

Editora: Record

Ano de publicação: 2019

O amor é capaz de superar a pior das verdades?Verity Crawford é a autora best-seller por trás de uma série de sucesso. Ela está no auge de sua carreira, aclamada pela crítica e pelo público, no entanto, um súbito e terrível acidente acaba interrompendo suas atividades, deixando-a sem condições de concluir a história… E é nessa complexa circunstância que surge Lowen Ashleigh, uma escritora à beira da falência convidada a escrever, sob um pseudônimo, os três livros restantes da já consolidada série. Para que consiga entender melhor o processo criativo de Verity com relação aos livros publicados e, ainda, tentar descobrir seus possíveis planos para os próximos, Lowen decide passar alguns dias na casa dos Crawford, imersa no caótico escritório de Verity – e, lá, encontra uma espécie de autobiografia onde a escritora narra os fatos acontecidos desde o dia em que conhece Jeremy, seu marido, até os instantes imediatamente anteriores a seu acidente – incluindo sua perspectiva sobre as tragédias ocorridas às filhas do casal. Quanto mais o tempo passa, mais Lowen se percebe envolvida em uma confusa rede de mentiras e segredos, e, lentamente, adquire sua própria posição no jogo psicológico que rodeia aquela casa. Emocional e fisicamente atraída por Jeremy, ela precisa decidir: expor uma versão que nem ele conhece sobre a própria esposa ou manter o sigilo dos escritos de Verity?

Relacionados

Destaques

Insta
gram

Parceiros