Os 27 Crushes de Molly é da autora Becky Albertalli com publicação no Brasil em 2017 pela editora Intrínseca.

SOBRE O LIVRO

Molly é uma doce jovem que ao longo de seus 17 anos já se apaixonou 26 vezes, sempre em segredo, pois tem muito medo de levar um fora. Então, se ninguém souber, não tem como isso acontecer. Ela nunca foi beijada e quando sua irmã gêmea e companheira, Cassie, começa a namorar Mina, Molly passa a pensar muito em seu 27º crush.

Com o namoro de Cassie, a relação das duas fica bastante abalada, mas Mina tem um melhor amigo que pode ser o cara ideal para Molly dar seu primeiro beijo, e se reaproximar de Cassie. Porém, para isso acontecer, Molly precisa deixar sua insegurança com seu corpo de lado, e se permitir pelo menos uma vez, ser feliz de verdade.

“O famoso discurso de Cassie: o fato de que eu tive vinte e seis crushes e zero beijos. Aparentemente, é porque preciso ser mais mulher. Se eu gostar de um cara, tenho que dizer isso para ele. Talvez no mundo de Cassie seja possível fazer isso e conseguir dar uns beijos. Mas não sei se funciona assim com garotas gordas.”

No entanto, sua cabeça fica um pouco bagunçada quando ela conhece Reid. O garoto com quem ela trabalha, um pouco bizarro e que tem gostos bastante diferente dos seus. Ela nunca poderia se apaixonar por alguém como ele. Mas vai ser inevitável negar os sentimentos que vão surgindo.

Agora Molly se vê em uma grande encruzilhada. De um lado está Will, o melhor amigo de Mina, quem provavelmente será o responsável pela reconciliação de Molly e Cassie. Mas por outro lado está aquele que faz seu coração bater mais forte, e que possivelmente será o responsável por ela se distanciar ainda mais de Cassie…


MINHA OPINIÃO

Depois de ter amado Simon vs a Agenda HomoSapiens, não podia deixar de conferir esse novo lançamento da autora, que mais uma vez me conquistou com sua escrita tão bela. Gosto muito de como Becky Albertalli narra sobre adolescentes gays e gordos de uma maneira que não soa como um problema. Porque não é um problema, porém, esta autora foi a única que li até o momento que escreve sobre esses jovens de forma natural, como tem que ser.

Tenho certa dificuldade em ler livros onde o adolescente não se assume ou passa por incontáveis bullings. Sei que existe esse problema na sociedade, mas é tão bom você ler sobre jovens assim ondem as coisas simplesmente fluem sem ter que ficar problematizando o tempo todo. De difícil já basta a realidade não é mesmo?

Porém, é claro que Molly enfrente algumas inseguranças por ser gorda. Durante toda sua vida ela nunca beijou ninguém e nem se deixou envolver com medo de ser rejeitada, mas ela trabalha essas questões, e aos poucos vai perdendo essas hesitações. E foi impossível não se encantar por sua personalidade.

“E, ah. Sinto um nó na garganta. Essa é outra coisa sobre mim. Se alguém diz que estou triste ou pergunta o que houve ou fala para eu não chorar, parece que meu corpo escuta: CHORE AGORA. Como se fosse uma ordem, mesmo que eu não esteja realmente triste. Mas talvez sempre haja pedacinhos tristes dentro de mim, esperando para serem reconhecidos e citados. Talvez seja assim com todo mundo.”

As questões sociais não giram só em torno de Molly. Ela tem uma família pra lá de diferente. E mais uma vez, a autora acertou em cheio em descrever cada membro dessa família. E as peculiaridades que os envolve. Ou seja, preste atenção aos detalhes, que você vai se apaixonar tanto quanto eu por essa família tão distinta entre si, mas que se completam tanto.

Os 27 Crushes de Molly é um livro de desenvolvimento pessoal, que trabalha muito bem a adolescência, onde as inseguranças estão a flor da pele. E não só por Molly ter medo da rejeição por causa do seu corpo. Mas também pelo distanciamento com Cassie, a pessoa mais importante em sua vida, mas que talvez não sejam mais a número 1 uma da outra. Então, se é um livro leve que você procura, mas que tenha seus temas importantes de serem discutidos. Estee também os outros livros da autora são ideias para te entreter, te divertir e também fazer pensar.

OS 27 CRUSHES DE MOLLY

Autor: Becky Albertalli

Editora: Intrínseca

Ano de publicação: 2017

Molly já viveu muitas paixões, mas só dentro de sua cabeça. E foi assim que, aos dezessete anos, a menina acumulou vinte e seis crushes. Embora sua irmã gêmea, Cassie, viva dizendo que ela precisa ser mais corajosa, Molly não consegue suportar a possibilidade de levar um fora. Então age com muito cuidado. Como ela diz, garotas gordas sempre têm que ser cautelosas.

Tudo muda quando Cassie começa a namorar Mina, e Molly pela primeira vez tem que lidar com uma solidão implacável e sentimentos muito conflitantes. Por sorte, um dos melhores amigos de Mina é um garoto hipster, fofo e lindo, o vigésimo sétimo crush perfeito e talvez até um futuro namorado. Se Molly finalmente se arriscar e se envolver com ele, pode dar seu primeiro beijo e ainda se reaproximar da irmã. Só tem um problema, que atende pelo nome de Reid Wertheim, o garoto com quem Molly trabalha. Ele é meio esquisito. Ele gosta de Tolkien. Ele vai a feiras medievais. Ele usa tênis brancos ridículos. Molly jamais, em hipótese alguma, se apaixonaria por ele. Certo? Em Os 27 crushes de Molly, a perspicácia, a delicadeza e o senso de humor de Becky Albertalli nos conquistam mais uma vez, em uma história sobre amizade, amadurecimento e, claro, aquele friozinho na barriga que só um crush pode provocar.

Relacionados

Destaques

Insta
gram

Parceiros