Leah Fora de Sintonia é um lançamento 2018 da autora Becky Albertalli. Foi publicado pela editora Intrínseca e se passa no mesmo universo de Com amor, Simon.

Sobre o livro

Leah se sente muito à vontade atrás de sua bateria, mas, longe dela, não é bem assim. Ela ama seus amigos, mas nunca contou para eles que é bissexual. Ela se sente frustrada por não ter ninguém a seu lado, mas não divide isso com ninguém. Ela aparenta não ter vergonha alguma de nada, mas evita dividir a sua vida com os amigos mais privilegiados.

“Imagine passar cada minuto do dia com a certeza de que alguém está pensando em você. Essa deve ser a melhor parte de estar apaixonado – a sensação de ter um lar na mente de outra pessoa”.

Quando um crush mal resolvido começa a voltar à tona, tudo que Leah parecia estar conseguindo manter equilibrado começa a sair dos eixos e caberá a ela descobrir uma forma de se encontrar sem perder as relações que construiu no meio do caminho.

Minha opinião

Eu lembrava muito pouco da aparição da Leah em “Com amor, Simon”, que li há mais de cinco anos. A única coisa que eu lembrava é que ela tocava bateria. Mesmo assim, pelo carinho que já tinha construído tanto com a história do Simon quanto com a história da Molly em “Os 27 crushes de Molly“, comecei essa leitura com altas expectativas.

E elas foram, sim, atendidas! Leah é uma personagem totalmente potterhead, sonserina até dizer chega, cujo humor nos conquista de cara, conhecendo ou não ela do primeiro livro. Da primeira à última página, não queremos parar de ouvir sua voz cativante, irônica e apaixonante, mesmo quando não concordamos com suas atitudes.

“Talvez eu esteja mesmo enlouquecendo. Meu humor está esquisitíssimo. Estou muito perto de sair girando de braços abertos por um colina, no melhor estilo A Noviça Rebelde“.

Talvez por conta disso me incomodou um pouco que em alguns momentos a autora quase deixe Leah de lado para nos manter informados sobre a evolução dos outros personagens. Por um lado é compreensível que ela queira revelar o destino dos outros personagens do grupo, já que estamos acompanhando aqui o último ano escolar deles; universidades precisam ser escolhidas, casais são feitos e desfeitos, futuros são determinados.

Por outro lado, isso faz com que a personagem perca protagonismo na sua própria história e, quando voltamos a ela, as coisas parecem caminhar de forma meio apressada. A sensação acaba sendo de que poderíamos ter focado mais tempo nela e, dessa forma, ter uma história melhor desenvolvida.

Mesmo assim, foi uma leitura deliciosa, que te deixa com um sorriso no rosto do início ao fim e que mostra o quão mais complexa pode ser uma personagem que está sempre com uma resposta rápida na ponta da língua. Para o exterior, Leah parece estar sempre no controle.

“Tem que abraçar o fracasso e deixar suas entranhas se acostumarem um pouco com ele”.

Mas o que vamos descobrindo ao longo da narrativa é que ela nunca esteve no controle de nada; e está tudo bem. É apenas quando reconhecemos que o controle nos escapa que abrimos lugar em nossas vidas para o que há de mais incrível.

LEAH FORA DE SINTONIA

Autor: Becky Albertalli

Tradução: Ana Rodrigues

Editora: Intrínseca

Ano de publicação: 2018

Sequência do sucesso Com amor, Simon. Leah odeia demonstrações públicas de afeto. Odeia clichês adolescentes. Odeia quem odeia Harry Potter. Odeia o novo namorado da mãe. Odeia pessoas fofas e felizes. Ela odeia muitas coisas e não tem o menor problema em expor suas opiniões. Mas, ultimamente, ela tem se sentido estranha, como se algo em sua vida estivesse fora de sintonia. No último ano do colégio, em poucas semanas vai ter que se despedir dos amigos, da mãe, da banda em que toca bateria, de tudo que conhece. E, para completar, seus amigos não fazem ideia de que ela pode estar apaixonada por alguém que até então odiava, uma garota que não sai de sua cabeça. Nesta sequência do sucesso Com amor, Simon, vamos mergulhar na vida e nas dúvidas da melhor amiga de Simon Spier. Em um livro só dela, mas com participações mais do que especiais dos personagens do primeiro livro, vamos acompanhar Leah em sua luta para se encontrar e saber com quem dividir suas verdades e seus sentimentos mais profundos. Em Leah fora de sintonia, Becky Albertalli mostra por que é uma das vozes mais importantes e necessárias de sua geração. Sem nunca soar didática, a escritora lança mão dos mesmos ingredientes que tornaram Com amor, Simon um sucesso mundial: a leveza, o senso de humor, a representatividade e a certeza de que vale a pena contar histórias sobre jovens que podem até estar perdidos, mas estão determinados a encontrar seu caminho.

Relacionados

Destaques

Insta
gram

Parceiros