O Jogo dos Sonhos é um livro do autor Pedro Carvalho, e teve lançamento em 2019 pela editora Viseu.

Sobre o livro

James está de férias na cabana da família e algo muito estranho acontece. Ao acordar, em um dia comum, percebe que esqueceu uma semana inteira da sua vida. Atrelado a isso, o garoto começa a ter um sonho repetitivo e lúcido. No sonho, James é conduzido por uma coruja em uma competição. São níveis diferentes, mas o caminho é sempre o mesmo.

Todas as vezes que ele dorme, o passo a passo é o mesmo, mudando apenas itens dentro dos níveis, mas nunca a lógica do processo. E a hora em que ele perde o jogo, é a hora que ele acorda.

Porém, na vida real, as coisas também não estão indo como deveriam, e o pai, que sempre passa as férias com ele e o irmão Thomas, avisou que vai precisar atender a um compromisso e não vai à cabana. Contudo, parece que a viagem do pai pode se transformar em algo mais grave. Com isso e o mundo dos sonhos, James vai precisar entender o que está acontecendo e se uma coisa pode estar conectava com a outra.


Minha Opinião

O que mais me chamou a atenção quando a oportunidade de ler esse livro surgiu, foi o fato de ele ter sido escolhido como livro paradidático em escolas de Manaus. Digo isso, porque para um livro ser trabalhado em sala de aula, ele provavelmente retém algum tipo de mensagem ou ensinamento que vai além do entretenimento.

Em O Jogo dos Sonhos, além de acompanhar a jornada de James no mundo dos sonhos e no mundo real, nos confrontamos com vários assuntos que podem sim gerar discussão e fazer parte do cotidiano de jovens leitores.

Um desses fatores é a presença e importância da família. O protagonista perdeu a mãe e há toda uma simbologia trabalhada ao redor do luto e da conexão dele com o pai nesse aspecto. O elo de James e do irmão Thomas também é super importante, pois na ausência do pai, ele é a figura presente que “cuida” do bem estar do garoto. E, pelas interações que vemos no livro, é possível sentir que há um sentimento genuíno de proteção e compreensão de um com o outro.

Também temos uma relação de amizade bem forte do personagem com um colega de escola, que rende até umas boas risadas quando os dois estão juntos. Ao mesmo tempo em que as interações não se aprofundam tanto nesse aspecto, é possível ver a presença dessas amizades e dos demais elementos na vida do garoto.

Focando na experiência dos sonhos mesmo, os desafios vão desde perguntas e respostas, que variam de coisas úteis a perguntas completamente sem nexo, à aventuras mais empolgantes e que despertam no personagem uma certa sensação de risco. Isso, atrelado ao pai estar incomunicável, adiciona um tom de suspense diferente à trama.

Ligado a isso, acho que uma das únicas coisas que eu senti um pouco de falta, foram pistas mais específicas do autor no que dizia respeito ao desfecho do arco dos sonhos. Acredito que ficaria mais fácil de assimilar e dar credibilidade, se ao longo do caminho até a descoberta algumas migalhas tivessem sido deixadas, como são em relação ao outro arco.

De resto, achei a leitura super fluída e fácil de ler. Como é voltada para um público jovem, essa é uma característica importante e, caso você seja adulto, dá um gás ainda maior. O livro tem apenas 300 páginas, a diagramação é bem confortável e você consegue adquirir ele tanto na versão física, quanto em ebook. Ele também está disponível no Kindle Unlimited.

Então, caso você tenha se interessado e curta histórias assim, fica aqui a dica de um livro de autor brasileiro para conferir!

O JOGO DOS SONHOS

Autor: Pedro Carvalho

Editora: Viseu

Ano de publicação: 2019

Ao acordar na cabana de sua família, James percebe que uma semana inteira se apagou de suas memórias. Preocupado com o lapso temporal, James começa a ter o mesmo sonho todas as noites: um jogo de vários níveis, em que seu assistente é uma coruja de paletó! Como se não bastasse, seu pai desaparece misteriosamente e seu irmão Thomas não estranha o acontecimento. Pouco a pouco, vai parecendo que o Mundo dos Sonhos é muito mais do que uma mera brincadeira e sua consequência pode ser mortal.

Atenção! Isso é um publipost!

Essa publicação é um conteúdo patrocinado.

Relacionados

Destaques

Insta
gram

Parceiros