Atenção!

Essa graphic novel contém assuntos acerca de doenças terminais e morte, podendo ser sensível para algumas pessoas.

Duas Vidas é uma Graphic Novel de Fabien Toulmé, lançada em 2018 pela editora Nemo.

Sobre o Livro

Baudouin é um cara comum, que vive uma vida comum, tem uma rotina monótona, um chefe que detesta e conta os dias para se aposentar. Seu irmão, Luc, é completamente diferente. Viaja ao mundo praticando medicina, leva a vida do seu jeito, tem um espirito livre.

Luc volta a Paris de uma de suas viagens e ao encontrar com o irmão, tenta convence-lo a deixar sua rotina de lado, viajar, aproveitar a vida, correr atrás das coisas que sempre quis fazer, dos seus sonhos. Luc deseja que seu irmão saiba o que realmente é viver. Baudouin acha que tal sugestão está fora de cogitação, visto que tem responsabilidades, como seu emprego.

“Quanto mais a gente pensa, menos ousa…”

Entretanto, Baudouin descobre possuir um tumor que não há cura e que lhe resta apenas alguns meses de vida. Seu médico lhe dá duas opções: fazer um tratamento que o possibilitara um pouco mais de tempo, mas o consumirá aos poucos, o deixará fisicamente destruído e passara os últimos meses de sua vida em um hospital. Assim, ele finalmente aceita a proposta de Luc e sai em uma aventura com seu irmão, para aproveitar da melhor forma o tempo de vida que resta, sendo essa a outra opção.


Minha Opinião

Fabien Toulmé possui um traço lindo, suave e com cores lindas. A leitura fluiu muito bem, e me vi interessada desde seu início. A história por si só já era suficiente para eu me sentir assim, mas um fato que com certeza contribuiu para tal, é o quanto os personagens foram cativantes.

Luc é cheio de vida, possui um jeito único, o que fez dele um personagem muito marcante. Baudouin não ficou para trás, visto que foi encantador e agradável acompanhar a sua trajetória, cedendo aos poucos para as ideias do irmão, assim vivendo experiências novas, vivendo coisas que estavam apenas nos seus sonhos esquecidos ou simplesmente enfim vivendo.

Eu tinha uma suspeita do que poderia acontecer no final, porém houve um plost twist inesperado (e emocionante, diga-se de passagem) no desfecho, o qual foi responsável por eu ter chorado durante muito tempo. Quando as lagrimas sessavam, eu relembrava, e voltava a chorar.

É difícil para mim falar, ou até mesmo pensar, nessa Graphic Novel e não me emocionar. Chorei em inúmeras vezes além do desfecho, até quando Baudouin recebe a notícia do tumor, mesmo que eu já soubesse desse fato.

“Estou me dando conta de todo o tempo que perdi tentando levar uma vida que não era minha.”

Duas Vidas foi a história mais importante que eu tive a oportunidade de conhecer. A mensagem que ela trás não diz respeito aos outros, mas a nós mesmo, e aquilo mais precioso que possuímos: a vida, que é finita, e precisa ser vivida, não apenas ser passada. Agora, não depois.

Eu queria que todas as pessoas lessem essa história e absorvessem tudo que Luc e Baudouin tem a ensinar. O quanto a história desses irmãos tem de ser uma inspiração para a nossa vivência, literalmente, a vivência. Eu imploro, faça um “favor”’ a si mesmo e leia essa Graphic Novel.

DUAS VIDAS

Autor: Fabien Toulmé

Tradução: Fernando Scheibe

Editora: Grupo Autêntica / Nemo

Ano de publicação: 2018

Baudouin e Luc são irmãos, mas não poderiam ter vidas mais diferentes. Baudouin leva um dia a dia sufocante em um emprego monótono como jurista e com um chefe detestável. Luc, por outro lado, é um espírito livre, que viaja o mundo praticando medicina. Quando Luc volta a Paris por alguns dias, ele faz de tudo para tirar o irmão mais novo da inércia e mostrar a ele o que a vida tem a oferecer. Mas o que finalmente convence Baudouin é a descoberta de um tumor e a perspectiva de que lhe restam apenas poucos meses de vida. Baudouin, então, resolve deixar tudo para trás e parte com o irmão em uma jornada de autodescoberta.

Relacionados

Destaques

Insta
gram

Parceiros