Esqueceram de Mim é mais uma história ilustrada do autor Kim Smith, lançado no Brasil em 2018 pela Coleção Pipoquinha da editora Intrínseca.

Se você é uma criança dos anos 90, é praticamente impossível que você não tenha assistido pelo menos uma vez, um dos filmes de Esqueceram de mim. Ou, como é mais comum, todos os filmes, múltiplas vezes. Com isso, esse foi mais um dos clássicos do cinema que ganharam uma nova versão sob o olhar cuidadoso de Kim Smith, junto com E.T. – o extraterrestre e De Volta Para o Futuro.

Aqui, acompanhamos a divertida história de Kevin McCallister, um garoto de apenas 8 anos, que deseja que sua família desapareça. Quando acorda no dia seguinte, em véspera de Natal, vê que seu desejo se realizou e que está sozinho em casa.

Feliz com a situação ele aproveita para fazer várias coisas que gosta, mas também se confronta com algumas dificuldades, como quando percebe que dois ladrões podem tentar invadir a casa. Se apoiando apenas com suas travessuras e o conhecimento da casa, o garoto vai buscar formas de se defender dessa ameaça que parece estar pronta para bater na porta.

Preciso dizer que das três publicações da Coleção lançadas até o momento e que li, essa foi a que menos fez sentido pra mim em termos de finalização. Sabemos que todas as histórias propostas para o público mais jovem, costuma vir acompanhada de uma lição bonitinha para ficar marcada na cabeça dos pequenos. Porém, o que temos nesse final acaba por levantar uma outra questão.

Provavelmente muitos vão pensar que essa é uma afirmação muito dentro do “politicamente correto”, mas se tratando do público que se dirige, acho que é importante manter isso em mente. Aqui, os pais apenas retornam para casa, como se fosse tudo bem deixar uma criança dessa idade sozinha.

Até me questionei se no primeiro filme haveria uma explicação dada, como a neve, mas não cheguei a nenhuma conclusão e, mesmo que esteja igual ao filme original, poderia ter sido levemente modificado para que representasse um pouco mais de preocupação dos pais com a criança como mensagem final. Porém, de qualquer forma, sendo você a pessoa que vai ler junto com a criança numa primeira vez, poderia corrigir esse problema fazendo explicações verbais sobre a situação ou enfatizando como os pais ficaram preocupados.

Dentre as escolhas de adaptação por parte do autor, também achei que faltaram algumas coisas que considero importantes do filme de Chris Columbus, que teve roteiro de John Hughes. Mesmo assim, sendo uma história que faz parte da minha infância, foi muito bacana reecontrar o personagem principal e relembrar alguns momentos marcantes do filme, que abriu a franquia e marcou a carreira de Macaulay Culkin.

ESQUECERAM DE MIM

Autor: Kim Smith

Tradução: Gui Alonso

Editora: Intrínseca

Ano de publicação: 2018

Kevin McCallister, um menino de 8 anos que, chateado com a mãe, deseja que sua família desapareça. E o desejo se realiza! Sozinho em casa na véspera de Natal, Kevin tem que aprender a se virar e usa suas artimanhas infantis para se defender de dois ladrões insistentes. Esqueceram de mim, clássico pop do cinema, ganha agora uma adaptação em livro ilustrado com o traço moderno e delicado de Kim Smith.

Relacionados

Destaques

Insta
gram

Parceiros