Terror a Bordo é uma coletânea de contos reunidos por Stephen King e Bev Vincent. Entre os autores, temos: E. Michael Lewis, Arthur Conan Doyle, Richard Matheson, Ambrose Bierce, E. C. Tubb, Tom Bissel, Dan Simmons, Cody Goodfellow, John Varley, Joe Hill, David J. Schow, Ray Bradbury, Bev Vincent, Roald Dahl, Peter Tremayne, Stephen King e James L. Dickey. Ele foi lançado em 2020 pela Suma.

Sobre o Livro

Poucas pessoas sabem, mas um dos maiores medos do mestre do terror (leia-se Stephen King), é voar. Ele já deixou isso claro diversas vezes e explicou seus motivos. Por isso, reunir apenas os maiores nomes do terror e suspense para escreverem contos sobre o perigo de voar, parece ser, no mínimo, interessante. O livro reúne 17 contos, dos mais variados assuntos, mas sempre focando em aviões e os perigos que podem acontecer nas alturas.

Prepare-se para encontrar uma estranha carga transportada para os Estados Unidos, em 1978. Neste conto, veremos um mestre de cargas que precisa descobrir o que existe dentro de alguns caixotes transportados que está causando tanto medo na sua tripulação em A Carga de E. Michael Lewis. Além disso, alguns seres monstruosos poderão ser encontrados nessas viagens e farão com que questionemos a sanidade dos nossos protagonistas, como em Pesadelos a vinte mil pés de Richard Matheson e Diablitos de Cody Goodfellow.

“A pele manchada tinha se soltado em toda parte, menos no rosto, que continuava puro e inocente como o de um anjo no céu.”

Também teremos o lado mais sombrio da guerra, explorado por alguns escritores, se aprofundando nas histórias daqueles que estiveram nas alturas em meio a esse cenário. Como em Pássaro de Guerra de David J. Schow e Eles não vão envelhecer de Roald Dahl. Além desses temas, também teremos zumbis nos ares, um assassinato, viagem no tempo e algumas situações que parecem tão possíveis que ficamos com ainda mais medo. Quais desses contos serão seus preferidos?


Minha Opinião

Para os fãs mais fervorosos de Stephen King, saber que ele possui medo de altura é algo natural. Ele sempre deixou essa fobia bem visível, mas perdeu seu medo de avião em 1985. Ele tem seus motivos, assim como tantas outras pessoas têm os seus. Quem é totalmente livre do medo das alturas? Por experiência própria, digo que não sou das mais fãs de aviões. Só de pensar que estou trancada nas alturas, dentro de uma caixa de metal, já fico nervosa. Para onde correr se algo der errado? E se eu passar mal? Não posso pedir para encostar na estrada para dar uma respirada. Aposto que mais alguém aí também se encaixa nesses problemas. Por isso, ler uma coletânea de contos que lida com esse universo é arrepiante.

Quer algo mais assustador que aviões? Além de, quase sempre, causarem um desastre horrível, também são claustrofóbicos, perigosos, não nos deixam correr para nenhum lugar e quase sempre são fatais. Além de ceifarem muitas vidas se um desastre tenebroso acontecer. O primeiro conto, A Carga, já é completamente promissor e mistura um fato histórico com algo completamente arrepiante. Além disso, O Horror nas Alturas de Arthur Conan Doyle, publicado em 1913, nos mostra que o escritor não escreve apenas sobre investigações. Em seu conto, um fazendeiro encontrará um estranho manuscrito que conterá uma estranha história. Conforme o conto avança, encaixamos as pistas deixadas e desvendamos um mistério assustador.

“Era um rosto hediondo e maligno, um rosto inumano. A pele estava sujo, de uma aspereza de poros dilatados […]”

Um conto que amei e tenho certeza que muitas pessoas vão se interessar, é uma crítica cirúrgica de Ambrose Bierce às pessoas que fazem “grandes invenções”, em A Máquina Voadora. Em poucas palavras o autor conseguiu passar sua opinião e deixar bem clara sua intenção. Mas, o meu favorito foi Lúcifer! de E. C. Tubb, em um futuro não muito distante, Frank Weston, atendente de necrotério, ao ir retirar um corpo encontra um estranho artefato junto ao cadáver. Ele decide levá-lo e daí em diante a história toma forma. Um dos contos mais originais, bem amarrados e angustiantes que já li.

E, óbvio, que mais um integrante da família King está aqui. Joe Hill tem uma introdução emocionante feita pelo seu pai antes de começar seu conto. Em Vocês eEstão Liberados, vemos a vida de certas pessoas mudar dentro de um avião. Algo horrível aconteceu enquanto eles estão nas alturas e as consequências podem ser desastrosas. Num ano que já passamos por um problema parecido, é libertador ver Hill criticando de forma tão genial a política dos Estados Unidos e as pessoas que estão divididas entre esses dois lados. Conhecemos um pouquinho de cada personagem e nos afeiçoamos a eles – bom, a quase todos. Leia e veja por si só os detalhes que ele encaixou em uma narrativa de tirar o fôlego.

Dentre os contos dos nossos organizadores temos uma situação inusitada envolvendo dois medos meus: aviões e zumbis. Em Zumbis a Bordo de Bev Vincent. E, também, a criatividade de Stephen King em O Especialista em Turbulência. Neste, conheceremos Craig Dixon e sua estranha profissão. Afinal, o que um especialista em turbulências faz? Isso que você descobrirá neste conto inusitado e muito bem elaborado do mestre.

No geral, os contos são bons, nos pegam de surpresa em alguns casos. No entanto, lá pela metade do livro, já estamos cansados das histórias se repetirem sempre nos mesmos lugares ou com as mesmas situações. Nem todos te darão medo, alguns causarão outros sentimentos. E se você tem medo de voar, esse livro pode ser ainda mais aterrorizante.

 

 

TERROR A BORDO

Autor: E. Michael Lewis, Arthur Conan Doyle, Richard Matheson, Ambrose Bierce & outros

Tradução: Regiane Winarski

Editora: Suma

Ano de publicação: 2020

Apertem os cintos para esta antologia de contos turbulentos, com curadoria do mestre do terror e autor best-seller mundial, Stephen King, e do colunista da famosa revista de terror Cemetery Dance, Bev Vincent. Stephen King odeia voar. E agora, junto com seu coeditor Bev Vincent, ele está pronto para compartilhar esse medo com você. Bem-vindos a Terror a bordo, uma antologia sobre tudo que pode dar terrivelmente errado quando se está a 20 mil pés de altura, cortando os céus a 800 km/h, preso em uma caixa de metal com centenas de desconhecidos. Aqui você vai encontrar todas as maneiras como sua agradável viagem pelos ares pode se transformar em um pesadelo, incluindo algumas formas que você nunca imaginou… mas que vai imaginar da próxima vez em que estiver atravessando a ponte de embarque e entregando sua vida nas mãos de um estranho.
Incluindo histórias inéditas de Joe Hill e Stephen King, além de catorze contos clássicos e um poema de mestres como Richard Matheson, Ray Bradbury, Roald Dahl, Dan Simmons e muitos outros, Terror a bordo é, nas palavras de Stephen King, “perfeito para ler em aviões, principalmente durante aterrisagens turbulentas”..

Relacionados

Destaques

Insta
gram

Parceiros