O Horror Bate à Porta: Contos Macabros conta com contos dos escritores H. P. Lovecraft, Sir Arthur Conan Doyle, Ambrose Bierce, Bram Stoker, Charles Dickens, Rudyard Kipling, Nathaniel Hawthorne, Elizabeth Gaskell, Arthur Machen, Robert W. Chambers, M. R. James e F. M. Crawford. Essa coletânea foi lançada pela editora Martin Claret em 2019.

Sobre o livro

Contos fantásticos que exploram seres sobrenaturais e criaturas tenebrosas. Dentre tantos autores incríveis, você encontrará as histórias mais apavorantes. Prepare-se para ver o terrível destino de um homem que teve a péssima ideia de brincar com uma religião e seu deus em As Dificuldades da Vida. A Marca da Besta de Rudyard Kipling. Ou você prefere reencontrar um estranho homem que saiu em busca do Pecado Imperdoável e quando retorna esconde segredos temerosos em Capítulo de um Romance Abortivo de Nathaniel Hawthorne.

“As pessoas escrevem e falam tranquilamente do sangue gelando nas veias, do cabelo arrepiando e coisas assim. As duas sensações são horríveis demais para brincar com elas.”

Além disso, você também encontrará dois contos de H. P. Lovecraft, sendo um o famoso A Cor do Espaço Distante com uma nova tradução, mas com a mesma história que nos faz perder o sono. Quando um estranho meteoro cai na terra e muda a vida dos habitantes de uma pacata região. Em A Coisa Maldita de Ambrose Bierce, encontraremos mais que uma simples investigação de homicídio. As circunstâncias nos levarão a duvidar do responsável por essa atrocidade até o derradeiro final com uma forte revelação.

E se você busca histórias de fantasmas e assombrações que rondam lugares, A Mão Parda de Sir Arthur Conan Doyle mostrará os segredos escondidos por trás de um lugar mal-assombrado e a dificuldade em resolver esse estranho caso. No maravilhoso O Manuscrito de um Louco, de Charles Dickens, veremos a lenta degradação e loucura de um desafortunado homem. Uma coisa é certa: aqui temos terror para todos os gostos.


Minha Opinião

Só posso considerar essa edição como um privilégio. Vocês que, assim como eu, são fãs do terror, precisam ter esse livro. Passeando desde os maiores mestres do terror até pessoas que eu só conhecia de nome. Temos aqui um prato cheio de histórias, desde as mais macabras até as consideradas mais “leves” para aqueles que já estão acostumados com criaturas estranhas e apavorantes que existem na noite. Com certeza é um livro necessário na vida de cada um que simpatiza com o gênero. Começando pela própria edição que está um primor. Capa dura, corte vermelho, fita preta e traduções de várias pessoas. Esse é daqueles livros que merecem um lugar de destaque na estante, juntamente com seus outros queridinhos.

Dentre os autores, temos figuras já conhecidas com H. P. Lovecraft, com seu terror cósmico e criaturas saídas dos nossos piores pesadelos. Aqui, confesso, senti certo estranhamento com a tradução “A Cor do Espaço Distante”, mas logo me acostumei com a ideia e foi um prazer reler esse conto que foi um dos primeiros que li do autor. Aquele que sempre me deixou pensativa e temerosa. Além dele, temos o brilhante Charles Dickens, mostrando mais uma vez sua maestria, com dois contos escolhidos a dedo. O meu preferido de toda a leitura foi “O Manuscrito de um Louco” no qual me senti enlouquecendo junto com o narrador. Apesar de curto, consegue nos passar perfeitamente todo o temor e desespero de quem nos fala.

“A oeste de Arkham as colinas sobrem agrestes, e há vales com florestas fechadas que nenhum machado cortou. Existem vales escuros e estreitos, onde as árvores se inclinam de uma forma fantástica e onde pequenos regatos correm sem nunca terem recebido sequer o lampejo de um raio de Sol.”

Confesso que alguns escritores eu ainda não conhecia. Uma maravilhosa e grata surpresa foi o escritor Arthur Machen com seu conto visceral “O Poderoso Deus Pã”. Esse conto foi daqueles que me acertou em cheio e me fez pedir mais. Eu só queria que ele continuasse explorando essa aventura. Eu precisava saber mais sobre o peculiar Dr. Raymond e sua estranha experiência envolvendo o deus Pã. Nos ensinando, mais uma vez, o quão danoso é quando meros mortais querem brincar com a força dos deuses.

Além disso, conhecer o meu tão amado Sir Arthur Conan Doyle explorando mais o sobrenatural e menos a investigação foi incrível. A grande maioria das histórias que envolvem o conhecido detetive Sherlock focam em algo mais tangível que pode ser resolvido, muitas vezes, apesar de ter um toque fantasmagórico, revelamos a ação do ser humano por trás disso, já neste livro, temos o puro horror. O inexplicável também pode ser explorado por esse senhor. E tanto “O Caso de Lady Sannox” quanto “A Mão Parda” esbanjam o lado sobrenatural das coisas.

“De todos os impactos, o mais satânico é aquele imprevistamente insondável e absurdamente inimaginável. Nada que eu tivesse suportado antes podia comparar-se ao terror que então eu presenciava e ao prodígio fantástico que aquela aparição encerrava.”

Com um total de 19 contos, dos mais conhecidos até os menos lembrados escritores de terror, tenho certeza que você vai amar essa edição. Cada conto despertará em você os piores pesadelos e fará com que você imagine os piores seres atrás de cada canto escuro. Não deixe de fazer essa leitura que promete ser uma grande surpresa.

 

O HORROR BATE À PORTA

Autor: H.P Lovecraft, Sir Arthur Conan Doyle, Bram Stoker, Charles Dickens & outros

Tradução: Paulo Cezar Castanheira, Bárbara Guimarães, Alda Porto & outros

Editora: Martin Claret

Ano de publicação: 2019

Um livro para ser lido com zelo. Alguns dos contos, para se ler de joelhos. São esses que exigem um leitor especial, disposto a mergulhar fundo e tentar desvendá-los. Uma edição especial para os amantes do horror, com contos de H.P. Lovecraft, Nathaniel Hawthorne, Ambrose Bierce, Elizabeth Gaskell, Bram Stoker e outros.

Relacionados

Destaques

Insta
gram

Parceiros