Orgulho é um livro único e jovem adulto da autora Ibi Zoboi sendo publicado em 2019 pela editora Harpercollins Brasil.

Sobre o Livro

Zuri Benitez ama o pequeno apartamento no Brooklyn onde mora com seus pais e as cinco irmãs, ama a sua vizinhança e tudo o que nela há: o senso de comunidade e pertencimento, as festas barulhentas, os vizinhos sentados fofocando e as diferentes culturais. E mais do que isso, ela deseja que isso nunca mude. Porém, todos são pegos de surpresa com a chegada de uma família rica que agora está na recém construída mansão do outro lado da rua, que até pouco tempo estava abandonada.

Ainsley e Darius são os novos vizinhos e herdeiros da família Darcy, e eles não combinam com Bushwick. Zuri quer distância deles, mas não contava de sua irmã mais velha Janae fosse se apaixonar pelo encantador Ainsley, ainda mais quando ela nem suporta o arrogante Darius.

“Meu bairro é feito de amor, mas é o dinheiro, os prédios, a comida e os empregos que o mantêm vivo – e até eu preciso admitir que pessoas novas aparecendo, com dinheiro extra e sonhos, às vezes, podem tornar as coisas melhores.”

As cinco filhas da família Benitez são Janae, Zuri, Marisol e as gêmeas Layla e Kayla. Como filha mais velha, Janae é bolsista em uma ótima faculdade e está de volta ao lar para as férias de julho, deixando Zuri extasiada com o maravilhoso verão que as aguarda. No entanto, não é bem isso que acontece já que a animosidade de Zuri com a família Darcy está a perturbando, ainda mais quando Janae se pega apaixonada por um deles.


Minha Opinião

Como fã dos livros da Jane Austen e, principalmente, da mais aclamada obra da autora, Orgulho é tanto um reconto como uma ótima releitura de Orgulho e Preconceito. Ibi Zoboi teve todo o cuidado em tornar sua obra muito original e ter pitadas de todo o amor e ódio que encontramos na história mais famosa da senhorita Austen.

Preocupação pelo meio ambiente ou como novas construções e remodulações fazem a história de bairros se perderem são apenas algumas das preocupações de Zuri. Fazê-la ter adoração pelas raízes foi algo encantador e que me prendeu logo nas páginas iniciais, pois não é algo comum em jovens de 17 anos.

Entrar em uma boa universidade, ajudar os pais a cuidar das irmãs, e ainda tem Darius Darcy com quem vive em pé de guerra; talvez sejam muitas preocupações e sentimentos conflitantes para lidar, porém, ainda consegui ver em Zuri muita determinação para realizar seus sonhos enquanto amadurecia.

“(…) lar é onde as pessoas que amo estão, não importa o lugar.”

Todo o enredo é ágil e bem desenvolvido. O romance é algo que fica quase em segundo plano por conta de toda a vivacidade que o âmbito cultural tem neste enredo, mas de nenhuma forma é ruim.

Quando Zuri desprende-se das amarras e se dá mais oportunidades de conhecer Darius e também a história por trás das raízes dele, fiquei ainda mais entretida e absorvida no modo como esse romance poderia deslanchar. Todo o enredo é ágil e bem desenvolvido.

Orgulho tem temáticas importantes, mas também contém uma história leve, cativante e divertida, assim como todos os personagens desta trama. É interessante ficar decifrando como a autora relacionou todos os personagens com a obra da Jane Austen e ver como ela foi incrível ao arquitetar essa releitura.

ORGULHO

Autor: Ibi Zoboi

Tradução: Giu Alonso

Editora: Harpercollins Brasil

Ano de publicação: 2019

Zuri Benitez tem orgulho. Orgulho do Brooklyn, de sua família e de suas raízes afro-latinas. Mas orgulho não é o suficiente para salvar seu bairro da gentrificação e de se tornar irreconhecível. Quando a rica família Darcy se muda para o outro lado da rua, Zuri não quer contato com seus dois filhos adolescentes, mesmo quando sua irmã Janae começa a se apaixonar pelo encantador Ainsley. Acima de tudo, ela não suporta o crítico e arrogante Darius, mas eles são forçados a se entender, e o que antes era um confronto se torna uma inesperada amizade. Agora, com quatro irmãs a empurrando em direções diferentes, com o adorável Warren em busca de sua atenção e com as candidaturas para a faculdade chegando, Zuri luta entre encontrar seu lugar na paisagem em transição de Bushwick ou perder tudo. Nesta adaptação contemporânea do clássico Orgulho e preconceito, a autora aclamada pela crítica, Ibi Zoboi, habilidosamente equilibra identidade cultural, classe e gentrificação com a mágica do primeiro amor em sua vibrante versão do amado romance.

Relacionados

Destaques

Insta
gram

Parceiros