Sociedade J. M. Barrie – Barbara J. Zitwer

Sociedade J. M. Barrie é o primeiro romance da autora Barbara J. Zitwer e foi trazido ao Brasil pela editora Novo Conceito.

SOBRE O LIVRO

Joey é uma bem sucedida arquiteta nova-iorquina que vive do trabalho e para o trabalho. O único alívio em seu dia-a-dia é uma cadelinha chamada Tink, sua companheira. A vida de Joey é sempre corrida e ela sempre deu o melhor de si, no entanto sentia que estava sempre à sombra de seu companheiro de trabalho.

Tudo muda quando ela é designada para supervisionar a restauração da mansão que inspirou o autor J. M. Barrie a escrever Peter Pan, sua história favorita. No entanto, ao chegar a Cotswolds os moradores não são tão receptivos, afinal ela está ali para “destruir” um passado. Além do problema com o zelador da mansão, Ian McCormack, um viúvo belo e rabugento que parecia disposto a atormentá-la no que fosse possível.

Tudo parecia perdido para ela, até que caminhando por uma estradinha ela descobre um pequeno lago, e junto dele a Sociedade de natação de senhoras J. M. Barrie. Assim nossa protagonista passa a mergulhar com elas em sua própria Terra do Nunca.


MINHA OPINIÃO

Apesar de carregar em seu título o nome do consagrado autor de Peter Pan, o livro não faz referência direta com a história, mas traz alguns pontos interessantes como suas próprias “meninas perdidas” imortalizadas na alma jovem de cinco senhoras carismáticas e encantadoras. E um pitoresco lugar que pode ser considerado como a Terra do Nunca, onde as únicas coisas que prevalecem são a amizade, chás da tarde e mergulhos no lago em pleno inverno, tudo parece imaginado, mas é real.

Sendo um “romance de formação”, a protagonista desenvolve vários aspectos de sua personalidade ao longo da trama, passando de uma mulher egocêntrica e antipática a qualquer um que tente se aproximar dela a alguém capaz de amar, aprender e ser realmente feliz.

“Não me arrependo de nada, nem do que me fizeram de bom, nem do mal…”

Apesar de não ser uma grande fã de romances, tive uma ótima surpresa com essa história, me apaixonei tanto quanto Joey e posso dizer que aprendi junto com ela. Conhecer as senhoras da sociedade de natação Aggie, Gala, Meg, Viv e Lilia foi uma experiência encantadora. Cada uma é muito diferente da outra e carregam, apesar de suas feridas, felicidade em seus corações de uma forma contagiante.

“Encontrar o amor é muitas vezes apenas um mergulho em nós mesmos.”

É importante dizer que este não é só mais um livro clichê onde há um romance “impossível”, mas uma história de compreensão, fidelidade, descobertas e, acima de tudo, de amizade. Ao longo da narrativa é quase impossível não se preocupar com o destino de cada um dos personagens da trama.

A edição está super bonitinha e essa capa é linda e remete muito o que o livro quer passar. A protagonista vai mudando ao longo do livro, tudo em relação as coisas que ela aprende nessa sua empreitada, na sua submersão ao novo mundo ao seu redor, o que é muito bacana. No começo da trama é fácil se pegar odiando-a por sua personalidade ou por todo o drama envolvido, mas com o passar das páginas passamos a ficar apegados a ela e a sua evolução.

Eu diria que mais do que um romance esta história é realmente como um mergulho, onde somos questionados sobre a nossa forma de ver a vida, de conviver com cada acontecimento que nos acomete, de se relacionar com pessoas diferentes de nós e principalmente aprender a lidar com nossos próprios fantasmas.

thumb_livro

4estrelasb

SOCIEDADE J.M. BARRIE

Autor: Barbara J. Zitwer

Editora: Novo Conceiro

Ano de publicação: 2016

Joey, uma arquiteta nova-iorquina que só pensa em trabalho, está em Cotswolds para supervisionar a restauração da majestosa mansão que inspirou J. M. Barrie a escrever Peter Pan. Os moradores da região não foram exatamente receptivos e também havia um problema com o zelador da mansão, um homem que parecia determinado a arruinar os planos dela. Com essa situação, Joey logo começa a pensar que não conseguirá fazer nada certo neste projeto e também em sua vida até descobrir a Sociedade de Natação de Senhoras J. M. Barrie e começar a nadar com elas em sua Terra do Nunca particular. Para Joey, conhecer Aggie, Gala, Meg, Viv e Lilia vai ser uma grandeexperiência de vida o começo de um relacionamento que vai transformá-la de uma maneira mais que extraordinária…

É resenhista do Resenhando Sonhos.
Estudante de Direito, 21 anos, mineira, mora em Belo Horizonte e ama o universo literário.