Atenção!

Esse filme contém gatilhos relacionados a luto e saúde mental e não é recomendado a pessoas sensíveis ao tema.

Todo filme que é baseado em fatos reais, consegue já antes mesmo do play nos impactar de alguma forma. Esse é um dos casos que antes mesmo de ele ser lançado aqui no Brasil eu já esperava me emocionar, ou de, minimamente terminar impactado, e, pois, bem… terminei!

Clouds é uma novidade do Disney+ do ano de 2020, que ficou extremamente conhecido pelos usuários do Tik Tok (principalmente no exterior) que filmavam o impacto desse filme e instigavam todos a quererem conferir (inclusive eu). Dirigido por Justin Baldoni e protagonizado por Fin Argus e Sabrina Carpenter, essa é a emocionante história de um paciente oncológico em sua luta pela vida, por marcá-la de alguma forma.

Em Clouds nós temos uma história muito bonita, mas que possui um tom um pouco mais pesado: O luto. Ou melhor dizendo, o se preparar para o luto. O filme que tem o mesmo diretor de Jane the Virgin, e A Cinco Passos de Você, não poderia ter outro resultado a não ser nos surpreender e emocionar.

Em Clouds nós temos a história de Zach Sobien (Fin Argus), um músico que logo no início do filme descobre que tem apenas alguns meses de vida por conta de um câncer e com o pouco tempo que possui, ele quer ser capaz de mudar o mundo, quer ser capaz de usar a sua arte, para tocar e mudar a vida das pessoas. E é por essa razão que ele, junto de sua melhor amiga Sammy Brown, (Sabrina Carpenter) decide gravar uma composição própria e postar em uma das maiores fontes de contato com o mundo todo: a Internet.   

A trama conquista também não só os fãs de filmes musicais, como também os fãs do gênero romance-trágico, ou dramáticos, afinal, o filme também é uma carta de amor ao jovem que bravamente batalhou contra um câncer terminal, à sua família, como também apresentar a força que um amor adolescente pode ter, já que Amy Adamle (Madison Iseman) acompanha seu namorado até o fim.

A história aproxima-se muito do espectador, por conta do quão envolvente é acompanhar uma pessoa, que, com o pouco tempo vida, pode impactar todos. Não é uma história que abraça os clichês, já que é uma história real e que foi o próprio Zach Sobiech que decidiu como sua história seria perpetuada, onde pude observar uma história otimista, com relatos de vitória e que assume a responsabilidade de apresenta ao mundo a simplicidade, alegria e talento que definiram a personalidade do jovem artista, sua personalidade e caráter.

O roteiro feito pelas mãos da Kara Holden (Zapped), usa a paixão do jovem pela música, para de uma certa forma se despedir da vida como um grande marco. Ela usa as palavras de Zach, para através da sua arte, mostrar como a música, pode ser tanto arma como remédio, tendo a capacidade de mudar muitas outras vidas e auxiliar pessoas a se curarem e a se libertarem de suas próprias dores e lutas.

No emocionante longa temos o equilíbrio entre o sofrimento e a paz, entre a dor e o alívio, entre a felicidade e a tristeza. E é de maneira respeitosa que tanto roteiro, quanto direção e atuação (que foram um dos pontos altos desses filmes) que o peso que uma doença desse porte tem sobre os pacientes e familiares, não se desmembra também da doçura que se existe em sobre(viver).  

Temos então uma trama pesada, verdadeira, tocante, emocionante, divertida e até mesmo dançante (se você souber ou não dançar), Clouds é mais um dos retratos que acabam nos tirando da zona de conforto, pois tira MUITAS lágrimas e nos faz ter uma reflexão importante: COMO ESTAMOS VIVENDO?

O drama original que a Disney traz, como eu disse, acerta muito na escolha do seu elenco, proporcionando uma experiência muito boa em ver atores iniciantes como os já citados, expondo mais da sua versatilidade artística emprestando suas vozes para as composições originais de Zach Sobiech.  

Temos também no elenco a presença de  Neve Campbell (Pânico), Tom Everett Scott (Diário de um Banana), Lil Rel Howery (Corra!) e também Madison Iseman (Jumanji), que conduzem os espectadores com boas atuações e responsabilidade por essa linda história.

Clouds, termina sendo uma produção incrivelmente profunda e tocante que mostra um pouco que quando nós nos permitimos viver, sonhos se realizam e mesmo que tenhamos pouco tempo cronológico a nossa vida pode tocar milhares de pessoas, e continuar por muito mais tempo. Assim como a de  Zach tocou e continua .

Se você ainda não viu, Clouds é uma belíssima e inspiradora forma de homenagem a Zach. Um filme onde sua história que na minha opinião todos deveriam dar uma chance, pois é simplesmente MARCANTE, está disponível pela Disney+ aqui no Brasil, e por favor não perca a oportunidade de conferir. 

CLOUDS

Diretor: Justin Baldoni

Elenco: Fin Argus, Sabrina Caroenter, Madson Iseman, Neve Campbell, Dylan Everett, Lil Rel Howery, Summer H. Howell, Tom Everett Scott e mais

Ano de lançamento: 2020o

O jovem músico Zach Sobiech descobre que tem apenas alguns meses de vida devido a um câncer terminal. Com pouco tempo, ele corre atrás de seu sonho e grava um álbum, sem saber que logo se tornaria um fenômeno da internet. Assim, a música dá um novo significado à vida de Zach, ajudando-o a encontrar a maneira perfeita de se despedir: uma música que será ouvida por todo o mundo.

Relacionados

Destaques

Insta
gram

Parceiros