Nuvens de Ketchup é um livro da autora Annabel Pitcher, publicado no Brasil pela editora Rocco, em 2015.

12088179_923944011053340_1961773282815110454_n

SOBRE O LIVRO

Nuvens de Ketchup conta a história de Zoe, uma adolescente que possui um segredo, e não consegue se abrir com ninguém. A história inteira é narrada por cartas, onde Zoe se corresponde com um prisioneiro que está no corredor da morte. Então, ela começa mandar cartas pra ele, com nomes e endereços falsos, e assim ela consegue desabafar tudo, afinal esse segredo é algo que ela não pode compartilhar com a família dela, e até mesmo com seus amigos, pois é algo perigoso de revelar para “qualquer um”.

“Às vezes há bons motivos para fazer coisas más.”

Logo no começo, ela descreve um pouco da vida do prisioneiro, histórias que ela achou na internet sobre ele e sobre o crime que o levou para o corredor da morte. Assim, nós ficamos sabemos o que ela fez! Foi um choque pra mim, ela fala o que fez e imediatamente comecei a pensar “Com quem?” “Como??” “Por quê?” E por isso, li o livro em dois dias, pois esse mistério que cerca o livro me deixou bastante curiosa.

Zoe é uma adolescente comum, não é popular e tem uma família complicada. E durante uma festa, ela se envolve com Max, o garoto mais popular do colégio onde ela estuda. Mas também, como um bom romance adolescente, ela conhece Aaron, onde se inicia um triangulo amoroso.


CAPA E EDIÇÃO

Essa capa é MARAVILHOSA. O título é em alto-relevo, e o livro fica lindo na estante! Durante o livro, vemos alguns desenhos de Zoe, o que eu achei bem legal.

O livro é dividido em duas partes durante os capítulos, começa com a Zoe contando para o prisioneiro como está sua vida, e no meio, ela começa a contar sobre os acontecimentos passados. Quando isso acontece, aparece como “Parte (xx)” gostei muito disso, achei que a editora conseguiu separar muito bem essas duas narrativas.

12065871_923943931053348_6731677195420033828_n


MINHA OPINIÃO

Eu estava tão ansiosa pra ler, afinal eu adoro tudo que envolva mistérios e também gosto de livros Young Adult.

Quando descobri o que Zoe fez, logo na primeira folha, minha mente começou a trabalhar tentando resolver esse mistério, sem dar nenhum detalhe à quem se refere na realidade, a Annabel não nos dá nenhuma pista sobre o caso atrás do grande mistério, mas ao mesmo tempo nos ensina o quanto a dor e a culpa é capaz de torturar a ponto de se fazer necessário encontrar conforto em alguém que nós nem conhecemos, pois nos sentimos pressionados por nossos familiares e amigos.

Durante cada capítulo, a autora divide a narração entre: Os atuais problemas de Zoe com sua família, principalmente os seus conflitos em casa com seus pais, e algumas dificuldades com suas irmãs mais novas. Na outra parte, Zoe relata para o prisioneiro seus problemas do passado, o qual ela deseja mudar a todo custo, creio eu que por isso ela consegue se abrir com ele, pelo o que conseguimos perceber, o prisioneiro também se arrependeu dos seus crimes.

O ponto negativo do livro é senti falta de uma resposta do Sr. Harris, o prisioneiro. Eu sei, ele está no corredor da morte, mas eu fiquei à todo momento esperando que ele respondesse alguma das cartas, mas infelizmente isso não aconteceu. Um ponto positivo, é o afeto de Zoe ao Sr. Harris, ela sempre pareceu preocupada com ele, e isso ressalta a necessidade de uma resposta da parte dele.

Achei a história bem escrita e desenvolvida durante as 240 páginas que compõe o livro. Na minha opinião, a autora conseguiu transmitir a nós, leitores, o sentimento de Zoe, toda tensão, angustia, sofrimento e até sufocamento que ela estava sentindo. Mas as vezes ela não ia direto ao ponto, ficava enrolando em coisas desnecessárias, o que tornava essas partes cansativas. Porém, o livro é bem feito, a leitura flui e nos envolve bastante. Indico para quem gosta do gênero YA, e também pra quem curte um romance como eu.

NUVENS DE KETCHUP

Autor: Annabel Pitcher

Editora: Rocco

Ano de publicação: 2015

Indicado ao prêmio Edgar Allan Poe na categoria juvenil, Nuvens de ketchup é o segundo romance da inglesa Annabel Pitcher, autora do também premiado Minha irmã mora numa prateleira. A trama gira em torno da jovem Zoe, que narra, por meio de cartas enviadas a um prisioneiro condenado à morte, seu dia a dia com a família, seus envolvimentos românticos e um segredo sombrio que ela não tem coragem de contar a mais ninguém. As inúmeras dimensões dramáticas da jovem protagonista e a narrativa cativante mostram o desabrochar da juventude e percorrem temas como amor, culpa, luto, erros e acertos de forma sensível e bem-humorada.

Relacionados

Destaques

Insta
gram

[jr_instagram id='3']

Parceiros