Interferência é o primeiro livro da série Krios, da autora nacional Márcia Silva, lançado em 2018 pela editora Autografia.

Sobre o livro

Depois de um longo período de guerras a Terra está passando por um novo momento, que proporcionou também uma expansão espacial. Com a descoberta de novos planetas e raças, foi importante que a barreira da comunicação fosse estabelecida e para isso foi desenvolvido o “comunicador”.

Como filha da pessoa que desenvolveu esse instrumento, Dora viaja com a mãe de planeta em planeta enquanto ela supervisiona a implantação desse novo formato de troca de informações. Isso faz com que ela não crie muitos laços nos locais e é por isso que sua mãe sugere que Marvil, um dos jovens aprendizes do comunicador lhe apresente os principais pontos da cidade e de sua cultura.

Um elo entre os dois se forma e logo alguns problemas se apresentam, principalmente depois que ambos escutam uma conversa que não deveriam, onde a mãe de Dora parece muito assustada com algo que pode ameaçar todo o seu trabalho.


Minha opinião

Como primeiro livro de uma série a autora faz um bom trabalho em nos introduzir nesse mundo e no que aconteceu para que chegássemos a essa realidade logo nas primeiras páginas, deixando o caminho livro para trabalhar aqui dois conflitos muito diretos.

A primeira questão envolve o romance entre Dora e Marvil, uma relação que se constrói aos poucos, mas que já apresenta uma grande desafio logo no começo: a diferença de raças e de cultura. Aqui, temos um fator que se torna um ponto a ser ressaltado para leitores que gostaram de histórias como Não Pare! da FML Pepper e Obsidiana de Jennifer L. Armentrout. E eu como uma leitora que não gosto muito desse peso dado ao romance nas histórias, sempre gosto de alertar, pois quando se entra dentro da trama sabendo dele, já se olha para a narrativa com esse conhecimento e um peso a menos.

O segundo conflito diz respeito a uma ameaça que parece estar se formando contra essa nova forma de comunicação e integração entre os planetas e raças. Aqui, a autora escolhe como fator motivacional “do mau” algo que é muito relacionado ao nosso contexto social atual e que é algo que sempre desperta na raça humana em vários momentos históricos. Isso faz com que, além de problematizar a questão trabalhada, Márcia Silva também traga um tom de realidade à história.

Para esse arco e também no momento em que os dois se unem, há uma sensação de perigo iminente na trama, deixando um ar de apreensão. Isso, aliado a ser um livro curto e de fluidez fácil, faz com que a leitura seja rápida e dinâmica.

A autora também busca abordar temas como cultura, religião, relações familiares, preconceito e se arrisca abordando um relacionamento entre os dois principais personagens de uma forma de onde escorre os dois pontos que me incomodaram ao longo do livro: a falta de sororidade de Dora com qualquer outra mulher que se aproximasse de Marvil e o ciúmes possessivo que ele tinha com ela e, baseado na questão anterior, ela também retribuía.

Para isso, conversando com a autora, ela me falou que no segundo volume, denominado Traição e que será lançado na Bienal de 2019, haverá um propósito e uma evolução. Porém, como também comentei no vídeo resenha, isso sempre acaba sendo um risco, já que para muitos leitores isso pode ser um fator que incomode ao ponto de não dar continuação à história.

O final fica bem aberto e Traição deve começar exatamente no ponto onde Interferência terminou, seguindo de forma bem linear a história. Para quem curte ficção científica young adult com bastante romance e quer apostar em uma autora nacional, fica aqui a dica de uma história que parece ter um bom caminho para crescer!

INTERFERÊNCIA

Autor: Márcia Silva

Editora: Autografia

Ano de publicação: 2018

Em um futuro distante, a Terra muda radicalmente após um longo período de guerras. A unificação proporciona o desenvolvimento de tecnologia suficiente para descobrir vida em outros planetas e viajar até eles, mas o convívio pacífico entre humanos e extraterrestres depende da Comunicação. Qualquer interferência é perigosa. Uma série de eventos pode ameaçar a paz. Sua manutenção agora depende de uma jovem terráquea que mora em um pequeno planeta. Ela será capaz de desvendar todas as pistas para solucionar os problemas? Poderá confiar em alguém para ajudá-la? Conseguirá aliados entre os terráqueos ou sua vida e seu futuro dependerão de um extraterrestre? Não há tempo para pensar nas respostas. É preciso correr atrás delas.

Atenção! Isso é um publipost!

Essa publicação possui conteúdo patrocinado, porém não contém interferência do contratante na opinião do(a) autor(a) da postagem.

Relacionados

Destaques

Insta
gram

Parceiros