Enfrentando o fogo é o terceiro livro da Trilogia da Magia, escrito pela autora Nora Roberts. Foi publicado em 2017 pela Bertrand Brasil.

Sobre o Livro

Mia Devlin sempre soube o que é: uma bruxa e também foi o elo de ligação entre Nell e Ripley, as conduzindo e ajudando. Agora, a mais forte das três precisará de ajuda quando Sam Logan, o homem a quem entregou seu coração quando era mais jovem, retorna após 10 anos. o grande desafio de Mia será resistir ao único homem com quem já imaginou um futuro.

“Duas das mais antigas e profundas paixões de mia, pensou. Livros e flores.”

Além de querer reatar velhos laços com Mia, Sam Logan volta à Ilha das Três Irmãs com o objetivo de modernizar o hotel que já é dono e fazer dele um ponto turístico. E para isso quer contar com a ajuda da talentosa e empreendedora Mia, pois tudo o que ela toca tem a capacidade de ser rentável como o seu Livros e Quitutes.


Minha Opinião

Novamente temos a magia como uma grande aliada nesse último livro da trilogia. E muito diferente de sua antecessora que nunca amou de verdade, Mia é a que mais sofreu de todas, mas em nenhum momento desde o primeiro livro vemos nossa protagonista deprimida. Muito pelo contrário, ela investiu seu tempo e recursos em algo maior: melhorar sua magia, seu negócio e unir suas irmãs.

No entanto, Mia não imaginava que um dia veria novamente o homem que abalou seu mundo. Sam está de volta com o objetivo de ser um homem de negócios e seguir os preceitos da família, além de reconquistar a única mulher que amou. E percebe logo da primeira vez que se vêem que não será uma tarefa fácil, pois Mia não se abalou nem um pouco. Porém, é o dia-a-dia e alguns encontros casuais – e outros nem tão casuais assim – que serão vitais para entrelaçar o destino de ambos novamente.

Gostei muito da Mia desde quando ela apareceu no primeiro livro, apesar de não ter ficado muito curiosa com o que ela teria a contar, já que eu sabia como ela era a mais poderosa no quesito magia entre as imrãs. No entanto, esse último volume mostrou que no caso dela o amor era um elo que a protagonista não tinha, e por isso é o livro mais meloso. Nora Roberts não poupou em mostrar como Mia não é só forte, mas como também já foi uma jovem inflamada de paixão. E é o que torna “Enfrentando o fogo” tão poético.

“Em nenhum momento ele pensou na hipótese que ela talvez não o quisesse mais, ou não o amasse mais, e que isso também poderia ser a resposta certa.”

Todavia, grandes expectativas sempre me deixam triste quando não são alcançáveis. E esse último livro da trilogia poderia ter sido muito mais do que eu imaginei, mesmo tendo me agradado com as respostas dos livros anteriores sendo dadas e um final agradável. Além disso, é interessante ver que cada livro teve seu próprio tema e alusões com as ancestrais muito bem conduzidas.

Foi apaixonante terminar essa trilogia. Mesmo nunca tendo lido nada que envolvesse magia criado pela Nora Roberts, é incrível notar como ela continua sendo uma das minhas autoras preferidas de romance e como consegue mesclar outros gêneros em seus livros.

ENFRENTANDO O FOGO

Autor: Nora Roberts

Tradução: Renato Motta

Editora: Bertrand Brasil

Ano de publicação: 2017

Mia Devlin sabe o que é amar com todo o coração e depois ver seu amor ir embora. Há muitos anos, ela e Sam Logan compartilharam laços incrivelmente fortes, construídos pelo destino com paixão e magia. Certo dia, porém, ele fugiu da Ilha das Três Irmãs, deixando-a perdida nas lembranças da intimidade que dividiam. Novo proprietário do único hotel do lugar, Sam retorna à Ilha das Três Irmãs com a esperança de reconquistar o afeto de Mia. Porém, fica intrigado quando ela o recebe com fria indiferença, pois percebe que a química entre eles ainda é muito forte e verdadeira. Zangada, magoada e muito confusa, Mia se recusa a admitir que a paixão por Sam ainda arde no seu coração. Mas ela vai acabar precisando dos seus poderes e da ajuda dele para enfrentar o maior e mais terrível desafio da sua vida. E, como o prazo fatal para quebrar uma maldição de vários séculos está se aproximando, eles precisam dar o primeiro passo em direção ao destino e se unir para afastar a terrível escuridão.

Relacionados

Destaques

Insta
gram

Parceiros